IJUI NEWS - Proposta: política de estado

Min: 24º
Max: 38º
Pancadas de Chuva a Tarde
logo ijui news
CFC MasterCFC Master
LM COPY 1

Proposta: política de estado

Por, Teobaldo Branco - Aposentado

Matéria Publicada em: 04/12/2017

Penso que o Estado como forma integrada de nação se justifica pela educação (escolas, pesquisas) e pela expansão industrial em todas as áreas das atividades humanas, onde acontece o desenvolvimento cientifico e tecnológico para atender a criação de fábricas de novos inventos dos meios de produção, que gera o desenvolvimento sócio econômico e cultural do povo.

A política de governo devia dar atenção e obedecer aos ideais populares diversificados dos meios de produção, que o sistema geográfico das regiões mais oferecem como meta, para o crescimento técnico, científico e cultural do mundo humano.

O domínio teórico e científico é necessário para ter um desenvolvimento industrial e comercial sustentável com tecnologia própria; as indústrias, fábricas e comércio são o combustível para a transformação da matéria prima produzida pelos meios de produção, em produtos a ser consumido e/ou exportados como lucro.

Abrir mão das riquezas nacionais para exploração de empresas multinacionais ou vender patrimônio, privatizando seria o abandono dos bens que dão soberania de uma nação, pois a terra, as matas, os minérios, a água, o petróleo, o território, a energia, a história, os costumes e a língua é a nossa identidade, que nos une e são bens sagrados de uma pátria soberana.

As nações europeias no passado partiram em busca de recursos para seus países levando suas empresas, investindo em piratarias nos estados, por exemplo os países africanos, continente de grandes riquezas, que segundo a história foi local da origem humana, que devia ser o estado mais desenvolvido do planeta.

Países africanos, nações ricas privatizaram seus patrimônios importantes para sair da crise e tornara-se colônias. Hoje vemos como estão suas crianças.

O Brasil como continente de terras férteis e com imensas riquezas minerais, água em abundância, povo trabalhador e rico em ideias, está se tornando o pais que mais produz alimentos no mundo.

O Brasil terá enorme campo de estudos para escolas e laboratórios desenvolver tecnologia própria em todas áreas das atividades humana, para se tornar uma nação desenvolvida e diminuir as importações de produtos de alto custo manufaturado da matéria prima brasileira exportada.

A educação deve ser prioridade de governo para a sociedade se desenvolver culturalmente com soberania. São pontos de vista.

Teobaldo Branco

Aposentado

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

termos de uso
LM COPY