IJUI NEWS - PROJETO DE ESTUDOS “ACHANDO O SUPER MÁRIO”
Min: 20º
Max: 32º
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde
logo ijui news
MultiCell (vivo)MultiCell (vivo)
Multicel lados

PROJETO DE ESTUDOS “ACHANDO O SUPER MÁRIO”

Por, Naiana Ortiz Boeno

Matéria Publicada em: 26/12/2016

PROJETO DE ESTUDOS “ACHANDO O SUPER MÁRIO”

Resumo

O projeto de estudos denominado “Achando o Super Mário” foi pensado no coletivo – alunos e professora - para dar continuidade aos estudos das diversas áreas do conhecimento – interligadas - , dentro do que é pertinente ao ano em questão, e também, através do interesse da turma, aguçar ainda mais a criatividade e a curiosidade mediante a pesquisa e as vivências lúdicas com as crianças do terceiro ano do ensino fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Soares de Barros, durante o ano de 2012, desenvolvendo assim, outras possibilidades de estudo e aprendizagem.

A partir da proposta de projetos de estudos, os resultados em termos de aprendizagem e desenvolvimento superaram as expectativas, de maneira coesa e bem articulada, em que, engajados durante todo o processo foi primordial para que de fato houvesse êxito nas respostas a partir do proposto, com aprendizagens significativas, com envolvimento das famílias e apoio da escola como um todo, envolvida também nesse ato de aprender.

Palavras-chave: Aprendizagem. Ludicidade. Vivências. Pesquisa.

Abstract

The study project called "Finding Super Mario" was thought in the collective - students and teacher - to continue the studies of different areas of knowledge interconnected to what is pertinent to the year in question. Through the class interest, it was important to highlight creativity and curiosity with research and playful experiences with children of the third year of elementary school at Soares de Barros School, during 2012, and developing other possibilities of study and learning. Based on the proposed study projects, the results in terms of learning and development exceeded expectations, in a cohesive and well articulated way, with which there was also much enthusiasm and participation. Teacher and students engaged during the whole process was essential for the success of the answers from the proposed ones, with meaningful learning, with the involvement of families and the support of the school as a whole, also involved in this learning act.

Keywords: Learning. Playfulness. Experiences. Research.

Introdução

Este trabalho consiste na explicitação  e reflexão do projeto de estudos Achando o Super Mário, elaborado e desenvolvido coletivamente (professora e sua turma de terceiro ano do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino), cujo foco principal foi a busca da interdisciplinaridade e estudos de forma lúdica, aliando o interesse e a curiosidade das crianças aos conteúdos que demonstravam dificuldades.

Desenvolver outras possibilidades de aprendizagem por meio de projetos de estudos, que envolvem conhecimentos específicos de diferentes áreas do conhecimento e enfatizar a música e outras linguagens se tornou um desafio para todos. Os resultados superaram o esperado em termos de aprendizagem e participação, e constatou-se que a projeção de algo, individual ou coletivamente, quando bem estruturado, coeso e significativo para o coletivo, possibilita nos leva a horizontes mais longos, profundos e criativos.

O projeto Achando o Super Mário relata e analisa a experiência desenvolvida com crianças do terceiro ano da Escola Municipal de Educação Fundamental Soares de Barros, no ano de 2012. O mesmo teve por objetivo conhecer de modo mais aprofundado estudos sobre o personagem Super Mário, que está presente no imaginário infantil, desenvolver estudos das diversas áreas do conhecimento; construir aprendizagens significativas; envolver a família no processo de aprendizagem das crianças.

Metodologia

O estudo foi construído coletivamente a partir de um recreio chuvoso em que a turma ficou na sala com circuito de jogos.  Ao escutarmos a música “Super Mário”, da banda IDR, de Ijuí, as crianças disseram conhecê-la ou gostar da banda. Após terminar a música, fizeram inúmeras perguntas sobre a letra da mesma, comentando que no final as personagens envolvidas não acham o Super Mário e que isso era triste. 

Elas tiveram a ideia de procurar o Super Mário realizando pesquisas em sala de aula. Partindo da necessidade em buscar com a turma diferentes formas de estudar alguns conteúdos, e por perceber que havia fragilidades em relação aos mesmos apresentados no decorrer das aulas, acreditei que este projeto de estudos possibilitaria ir além da aprendizagem formal da sala; proporcionando à turma elevar sua autoestima e mostrando que, juntos, poderíamos enriquecer a aprendizagem de diversas maneiras, utilizando a ludicidade e, assim, progredindo naquilo que nos faltava aprender.

A metodologia de projetos prevê que as primeiras observações partam de um olhar coletivo, da professora junto com as crianças - para ter noção do que é prioritário que seja observado e registrado. Para tanto, fiz perguntas considerando a letra da música ouvida com o intuito de incluir na conversa áreas do conhecimento que a turma demonstrava interesse e não saberes específicos. Nesse processo a turma passou a contribuir com novas possibilidades de estudos.

Levantamos hipóteses acerca do trabalho, estabelecemos parâmetros para análise e discussão e registramos ideias e saberes prévios. Vimos que era possível aprender determinados conteúdos de maneira lúdica e divertida, potencializando nossos saberes e fortalecendo o princípio da cultura reflexiva por meio deste projeto.

A turma foi engajada nos conteúdos e áreas do conhecimento, o que proporcionou à mesma valorizar ainda mais este universo de relações entre as disciplinas. Em português, estudamos as rimas, pontuação, acentuação, verbo e tempo verbal, substantivo, uso do dicionário, leitura e produção textual de diversos gêneros, especialmente os gêneros textuais literários contos de fadas, letra de música e poesia.

Em ciências, estudamos os seres bióticos (homem, animais) – vertebrados e invertebrados (habitat, características, alimentação, preservação). Já em história, estudamos o tempo: história e linha de vida do personagem e de cada criança. E em artes, produção, fruição e reflexão: música – ritmo, melodia, som, cantiga, apreciação de música local, teatro, jogo dramático. Visitamos o laboratório de ciências da universidade para melhor conhecer e estudar os animais existentes lá. Realizamos o estudo da história de cada criança (com participação das famílias) e do Super Mário (pesquisada na internet na sala de informática) e criamos a linha de vida – do personagem (em sala no coletivo) e de cada criança (em casa com a família) com socialização.

Exploramos algumas literaturas e socializamos os estudos através da “pescaria de colegas” (como pescaria de São João com os nomes das crianças nos peixes); escutamos várias vezes a música da banda IDR e o pai de um dos alunos – que é músico – nos deu aulas de música e criou a melodia da nova música criada pela turma.

A turma visitou o Museu Militar em Pamanbi, pois o Super Mário passa por 7 mundos diferentes para salvar a princesa, e assim, as crianças também conheceram um “novo mundo” do ser humano, que é o militar e a defesa da cidadania. Após, fizemos relatório coletivo sobre o passeio.

Um ex-componente da banda visitou a turma, inteirou-se do projeto e falou sobre a banda e sua passagem pela escola por ser ex-aluno. A banda IDR também visitou a turma, que mostrou seus estudos e resultados através da música. Cantamos para a banda a nova música criada por nós – Achando o Super Mário - , com a participação do pai músico e da mãe personagem.

Entregamos uma camiseta do projeto para cada integrante e a turma foi presenteada por mim com bonecos do Super Mário. Já as famílias de cada criança receberam um CD com todas as fotos tiradas ao longo do projeto.

Resultados e Discussão

Constatou-se que as crianças, quando estão de fato voltadas para o estudo e interessadas em aprender sobre determinados assuntos, qualificam o trabalho em sala e os resultados são surpreendentes, pois, ao longo da realização do projeto, os conteúdos que a turma levaria um tempo maior para apreender, já estavam demonstrando facilidade nas primeiras atividades realizadas. Participaram do projeto de estudos 25 crianças, sendo que destas, 7 demonstraram maiores dificuldades em relação à aprendizagem; nas quais evoluíram significativamente, compreendendo conteúdos referentes ao segundo ano e àquilo que tínhamos estudado ao longo do projeto.

As crianças, em geral, apresentaram uma maior desenvoltura oral e escrita, com ampliação de vocabulário e apreensão dos conteúdos estudados com maior facilidade do que no modo “tradicional” de ensino. A realização do projeto de estudos vinculado à necessidade de aprendizagem das crianças e ao seu interesse de acordo com a faixa etária nos mostrou que aprender de maneira lúdica e divertida é possível e que, em grupo, pode-se ampliar conhecimentos, ramificar e qualificar os saberes infantis na escola.

A contribuição das famílias aconteceu de forma espontânea, gradual e progressiva; o que validou o projeto de estudos e também repercutiu no interesse e entusiasmo das crianças, individual e coletivamente. E, por fim, a constatação de que a pedagogia de projetos veio aprimorar o estudo da turma e possibilitou ir além daquilo que se propõe como ponto de chegada.

Entre os resultados do desenvolvimento do Projeto, a turma obteve visibilidade com este projeto diferenciado. Participou do programa de rádio infantil “Roda Gigante”, desenvolvido pelo Projeto Linguagens em Movimento, do Curso de Pedagogia da UNIJUÍ, e veiculado na Rádio UNIJUÍ-FM. Também tivemos destaque e participação em jornais locais como Jornal da Manhã e Central de Jornais – noroeste do Estado - , no site da banda IDR, site de notícias locais “Ijuí.com” e na Revista Stampa.

Conclusões

Realizar um trabalho no coletivo pela via de projetos de estudos permite aprender muito além do esperado; evidencia que é possível criar, pesquisar, realizar ações fascinantes e significativas. A colaboração efetiva de todos contribui para perceber o quão importante é o estudo em conjunto, valorizando cada sujeito em seus saberes e singularidade.

A prática da interdisciplinaridade de forma lúdica evidencia que todos podem aprender a gostar das mais variadas disciplinas, aprender conceitos e ampliar seus conhecimentos. Aprender com ludicidade, pesquisa, diálogo e participação faz da criança protagonista, um sujeito de valores e possibilita realçar potencialidade e sua criatividade.

 Agradecimentos

À Sra. Santa Edy Nehring (in memorian) e aos meus alunos.

Referências

ANTUNES, Celso. Um método para o Ensino Fundamental: o projeto. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2001.

BANDA IDR. Achando o Super Mário.

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

termos de uso
Multicel lado D