IJUI NEWS - Jurados afastam tentativa de homicídio e irmãos restam condenados por disparo de arma de fogo
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
EquipomedEquipomed
Britinho lateral esq

Jurados afastam tentativa de homicídio e irmãos restam condenados por disparo de arma de fogo

Júri de Clairton e Eziquiel Pinheiro da Silva ocorreu nesta quinta (6), em Ijuí. A pena de cada um dos réus 2,3 anos - foi substituída por serviço comunitário.

Matéria Publicada em: 06/09/2018
Clairton e Eziquiel Pinheiro da Silva foram julgados na manhã desta quinta (6), no Fórum de Ijuí. Foto: Abel Oliveira.

Os irmãos Clairton e Eziquiel Pinheiro da Silva, acusados de tentativa de homicídio, foram julgados nesta quinta-feira (6), no Fórum de Ijuí.

Os jurados negaram o quesito relativo à tentativa de homicídio imputada aos dois réus.

Assim, o juiz presidente do Tribunal do Júri, Eduardo Giovelli, sentenciou os réus com base no delito remanescente - disparo de arma de fogo em via pública.

A cada um deles, o magistrado fixou a pena de 2,3 anos de reclusão, no regime aberto, com direito de apelo em liberdade.

A pena de prisão de cada um dos réus foi substituída por restrição de direitos; prestação pecuniária de dois salários mínimos, a serem depositados na conta de penas alternativas da Comarca, e prestação de serviço à comunidade, uma hora de tarefa por dia de condenação.

Clairton e Eziquiel foram denunciados por fatos registrados na manhã de 20 de julho de 2013, nas proximidades do Postão da SMS.

Na oportunidade, de acordo com a denúncia inicial do Ministério Público (MP), os réus efetuaram disparos contra a vítima Dionatan Fernando Cruz Batista, sem acertá-la.

Saiba Mais

Irmãos sentam no banco dos réus por tentativa de homicídio, nesta quinta (6), em Ijuí

Imagens/Fotos: Abel Oliveira / Cópias não autorizadas - Lei nº 9.610/98.

rad d