IJUI NEWS - A pedido de Bolsonaro, Contran proíbe utilização de radares escondidos no país a partir de novembro
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
CFC MasterCFC Master
rad E

A pedido de Bolsonaro, Contran proíbe utilização de radares escondidos no país a partir de novembro

Resolução 798 determina o cumprimento das novas regras de fiscalização eletrônica nas estradas brasileiras a partir do dia 1º de novembro.

Matéria Publicada em: 14/09/2020
Imagem Ilustrativa: PRF

A partir do dia 1º de novembro deste ano, os radares ocultos não poderão mais operar nas estradas do brasil. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) publicou a resolução nº 798, de 2 de setembro de 2020, que regulamenta a utilização dos equipamentos, no Diário Oficial da União (DOU) de quarta-feira (9).

A nova regra estabelece que todas as vias monitoradas deverão ter placas indicando a velocidade máxima permitida, com medidores sempre visíveis. Os trechos monitorados e a localização dos radares também deverão ser divulgados na internet.

As mudanças feitas pelo Contran atendem a um pedido do presidente Jair Bolsonaro. No ano passado, ele solicitou as novas regras ao Ministério da Infraestrutura e defendeu que radares em estradas fossem apenas “educativos”, e não punitivos.

Ele também já havia determinado a suspensão de radares móveis em rodovias federais, mas a Justiça suspendeu de determinação.

Acesse a íntegra da resolução 798  RESOLUÇÃO Nº 798, DE 2 DE setembro DE 2020 – RESOLUÇÃO Nº 798, DE 2 DE setembro DE 2020 – DOU – Imprensa Nacional

Twitter | Repórter Abel Oliveira

Imagens/fotos e vídeos: Abel Oliveira / Cópias não autorizadas - Lei nº 9.610/98.

Brito lateral 2020