IJUI NEWS - O que é Discalculia?
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
Paim Paim
Britinho lateral esq

O que é Discalculia?

Por, Liane Maria Fiorim Comerlato | Neuropsicopedagoga/ Psicopedagoga Clínica

Matéria Publicada em: 14/04/2022
Liane Maria Fiorim Comerlato | Neuropsicopedagoga/ Neuroaprender Ijuí

A discalculia é um distúrbio neurológico que afeta a capacidade de uma pessoa identificar e manejar números. Não existe uma única causa para se justificar as fases das dificuldades com a linguagem matemática, suas causas podem ser de natureza psicológica, emocional, neurológica e até mesmo hereditária.

A matemática é uma ferramenta de extrema importância para as pessoas dentro do contexto social já que existe uma necessidade de todos conviverem com números e cálculos na escola, no trabalho, no comércio, enfim em todos os ambientes.

Um trabalho importante a ser realizado é que sejam descobertas as causas pelas quais os conceitos matemáticos e números não conseguem ser entendidos. Não existem muitos estudiosos dedicados a trabalhar de forma acadêmica, estudando as causas que ocasionam o insucesso na área, mas sabe-se que podem também associar-se a dificuldades nas competências de leitura e escrita, além outros fatores.

As pessoas com o distúrbio apresentam dificuldades em compreender, distinguir e reconhecer os símbolos e os termos utilizados nas histórias matemáticas, têm problemas com a tabuada, com as sequências numéricas, não conseguem distribuir os números em folha de papel, em fazer uma soma, uma subtração, dividir e multiplicar, bloqueio em memorizar cálculos e fórmulas.

Dentro do contexto escolar é possível e importante detectar a discalculia em seu aluno quando ele apresentar símbolos matemáticos disformes, demonstrar falta de capacidade em operar com quantidades numéricas, desconhecer os sinais das operações, manifestar dificuldades na leitura de números e não conseguir realizar a multiplicação e a divisão.

A medida mais importante a ser tomada pelos pais é a procura por uma avaliação de profissionais especializados que poderão detectar o distúrbio e após, através de exercícios e atividades cerebrais específicas vão auxiliar na melhoria dos déficits cognitivos, com a estimulação da rede cerebral neural responsável pelo processamento numérico, incentivando e motivando o aprendente para ser um agente de sua formação integral.

Por, Liane Maria Fiorim Comerlato

Neuropsicopedagoga/ Neuroaprender Ijuí

Fone: (55) 9.9149-7180

Seiko DDD