IJUI NEWS - Caso confirmado em Santo Ângelo eleva para 29 o número de contaminados pela varíola do macaco no RS
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
Paim Paim
rad E

Caso confirmado em Santo Ângelo eleva para 29 o número de contaminados pela varíola do macaco no RS

Infecções já foram registradas em 14 cidades gaúchas.

Matéria Publicada em: 09/08/2022
Do total de pacientes, 16 são do sexo masculino e 13 do sexo feminino.

Acesse o site do Palmero Veículos AQUI

__________________________________________________________

O Rio Grande do Sul confirmou mais oito casos de varíola do macaco (monkeypox), nesta terça-feira (9/8). Com isso, já contabiliza 29 infecções, distribuídas em 14 municípios gaúchos. Outras 64 suspeitas seguem sob investigação. O novo boletim emitido pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) saiu no fim da tarde.

Porto Alegre é a cidade com o maior número de infecções (8). Também foram confirmados casos da doença em Campo Bom (1), Canoas (2), Caxias do Sul (3), Esteio (1), Garibaldi (1), Igrejinha (2), Novo Hamburgo (2), Montenegro (1), Passo Fundo (1), Santo Ângelo (1), São Marcos (1), Uruguaiana (1) e Viamão (3). Além desses, a SES reportou um caso de monkeypox em uma pessoa que não reside no Rio Grande do Sul, mas teve o diagnóstico confirmado na capital.

Do total de pacientes, 16 são do sexo masculino e 13 do sexo feminino.

Sintomas e transmissão

A erupção cutânea (lesões, bolhas, crostas) em diferentes formas é um dos principais sintomas da doença e pode afetar todo o corpo, incluindo palmas e plantas, órgãos genitais e o rosto.

A transmissão acontece por meio de contato direto ou indireto com gotículas respiratórias, mas principalmente através do contato com lesões de pele de pessoas contaminadas ou com objetos e superfícies contaminadas. O período de transmissão se encerra quando as crostas das lesões desaparecem.

Vacina

As primeiras vacinas contra a varíola do macaco devem chegar ao Brasil em setembro. Os imunizantes, fabricados pelo laboratório dinamarquês Bavarian Nordic, serão adquiridos pelo governo brasileiro por meio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Fonte: Rádio Guaíba

Brito lateral 2020