IJUI NEWS - Carne recolhida de comunidade rural de Ijuí tinha origem, mas não era vistoriada para consumo geral
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
Inova topoInova topo
Britinho lateral esq

Carne recolhida de comunidade rural de Ijuí tinha origem, mas não era vistoriada para consumo geral

Agentes da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Desenvolvimento Rural lacraram as câmaras frias na sexta (1º), e voltaram ao Rincão dos Austríacos segurados por força policial para o recolhimento dos produtos.

Matéria Publicada em: 06/09/2023

Acesse o site do Palmero Veículos AQUI
_____________________________________

Postado por ABEL OLIVEIRA

A Comunidade Nossa Senhora da Salete, no Rincão dos Austríacos, na Linha 6 Leste, viveu um fim de semana para não ser esquecido.

Uma festa programada para o domingo (3) foi barrada por agentes fiscalizadores da Prefeitura de Ijuí, que lacraram mais de 1200 kg de carnes.

O evento destinado a arrecadar recursos para reformas da igreja e do pavilhão da comunidade começou a dar errado na sexta-feira (1º/9), quando, alegando averiguações de denúncia, os fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR) e Vigilância Sanitária, representada pelo chefe Ortiz Iboti Schröer Júnior,  lacraram as câmaras frias que armazenavam os alimentos.

Os argumentos apresentados pelos fiscais para a medida não convenceram os organizadores do evento; “a carne (frango, gado e porco) não tinha origem comprovada, nem inspeção”, eles disseram. A festa foi cancelada.

Nesta terça-feira (5), com forte aparato policial, os agentes voltaram ao local. Mesmo com a comprovação de que os animais foram doados, não havendo suspeita de crime, a carne foi apreendida, agora, sob alegação de que saiu de propriedade para consumo de terceiros sem inspeção.

Fotos/vídeos: Cópias não autorizadas | Lei nº 9.610/98.

Seiko DDD