IJUI NEWS - Câncer de colo do útero: sintomas e se tem cura
Min: 15º
Max: 26º
Predomínio de Sol
logo ijui news
CFC MasterCFC Master
Britinho lateral esq

Câncer de colo do útero: sintomas e se tem cura

Por Minha Vida | Saúde

Matéria Publicada em: 06/03/2024
Reprodução/Minha Vida.

O que é Câncer de colo do útero?

O câncer de colo de útero - ou câncer cervical - é um tipo de tumor maligno que ocorre na parte inferior do útero, região que se conecta com a vagina e que se abre para a saída do bebê ao final da gravidez. Inicialmente o câncer de colo de útero pode não causar sintomas, enquanto casos mais avançados podem apresentar dor durante as relações sexuais, sangramentos e dor pélvica.

Causas

A principal causa do câncer de colo do utero é a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), infecção sexualmente transmissível bastante comum entre as mulheres e que pode se transmitida através do sexo com ou sem penetração. Alguns fatores podem tornar a região mais propícia a infecção, como:

  • Início precoce da vida sexual
  • Uso de pílulas anticoncepcionais por período prolongado
  • Diversidade de parceiros sexuais
  • Má higiene íntima
  • Tabagismo        

Tipos

Os tipos de câncer de colo de útero são: 

  • Carcinomas de células escamosas: tipo mais comum, ocorre quando o tumor tem origem a partir de células da parte externa do útero em contato com a vagina
  • Adenocarcinomas: tipo mais raro, acontece quando o tumor se desenvolve a partir de células da parte interna do colo do útero

Além disso, o câncer de colo de útero pode ser dividido nos seguintes estágios:

  • Câncer de colo de útero estágio 0 ou carcinoma in situ: quando as células cancerígenas ainda estão na superfície do colo do útero
  • Câncer de colo de útero estágio 1: quando o câncer invade o colo do útero, mas se mantêm nessa região, sem ir para fora do útero
  • Câncer de colo de útero estágio 2: o câncer já cresceu para fora do útero, mas ainda não se espalhou para as paredes da pelve ou para a vagina
  • Câncer de colo de útero estágio 3: o câncer atingiu a vagina e a parede da pelve e pode estar bloqueando a uretra
  • Câncer de colo de útero estágio 4: o câncer já se espalhou para outras regiões do organismo como a bexiga, reto, pulmões ou fígado

Sintomas

Sintomas do câncer de colo do útero

Geralmente o câncer de colo de útero não costuma apresentar sintomas e é detectado pelos exames de rotina femininos. Os casos mais avançados costumam causar:

  • Sangramento vaginal durante a relação sexual, entre as menstruações ou após a menopausa 
  • Corrimento vaginal anormal, com coloração e odores diferentes do normal
  • Dor na pelve ou durante a relação sexual

Casos ainda mais avançados podem apresentar sintomas como:

  • Anemia devido ao sangramento anormal
  • Dores nas pernas e costas
  • Problemas urinários ou intestinais
  • Perda de peso não intencional

Diagnóstico

O câncer de colo de útero pode ser diagnosticado em exames ginecológicos como:

  • Papanicolau
  • Colposcopia e vulvoscopia, com biópsia se necessário
  • Teste de HPV
  • Teste Schille

Quando o câncer de colo de útero já está em curso, alguns exames podem ser feitos para identificar a extensão do tumor:

  • Biópsia da região
  • Tomografia computadorizada
  • Ultrassom
  • Ressonância magnética
  • Tomografia por emissão de pósitrons (PET-Scan)

Fatores de risco

Os fatores de risco para câncer de colo de útero envolvem:

  • Início precoce da vida sexual, o que pode aumentar o risco de ter HPV
  • Grande quantidade de parceiros sexuais
  • Presença de outras ISTs, como gonorréia, sífilis, clamídia ou HIV
  • Sistema imunológico mais fraco
  • Tabagismo
  • Uso prolongado de pílula anticoncepcional (por mais de cinco anos)
  • Histórico de três ou mais gestações
  • Histórico familiar de câncer de colo de útero

Buscando ajuda médica

A melhor forma de detectar precocemente um câncer de colo de útero ou qualquer outro problema comum de saúde feminina é indo anualmente ao ginecologista e fazendo os exames de rotina.

Especialistas que podem diagnosticar um câncer no colo do útero são:

  • Clínico geral
  • Ginecologista
  • Oncologista

Tratamento

As opções de tratamento para o câncer de colo de útero variam conforme o estadiamento do tumor. Veja as opções abaixo:

  • Cirurgia: o procedimento é indicado quando o tumor está confinado no colo do útero. Na cirurgia pode ser retirado o tecido atacado pelo câncer ou ocorrer a remoção total do útero (histerectomia)
  • Radioterapia: é utilizada a radiação para matar as células cancerígenas; pode ser feita de forma interna ou externa
  • Quimioterapia: pode ser feita como um complemento à radioterapia ou para reduzir o tumor antes da cirurgia

Câncer de colo do útero tem cura?

Sim, o câncer de colo do útero tem cura. O diagnóstico precoce da doença é parte importante para a eficácia do tratamento e para evitar maiores complicações

Prevenção

Algumas das formas de prevenção do câncer de colo do útero são:

  • Tomar a vacina contra o HPV
  • Usar preservativo nas relações sexuais
  • Realizar exames ginecológicos de rotina após o início da vida sexual

Convivendo (Prognóstico)

O tratamento para o câncer de colo de útero pode levar a alguns problemas de fertilidade ou na sexualidade da mulher. É importante conversar com o médico se você deseja ter filhos depois do tratamento, pois algumas providências podem ser tomadas, como o congelamento de óvulos.

A histerectomia pode levar a problemas como secura vaginal, fraqueza nos músculos da pelve e até dor no ato sexual devido a encurtamento da vagina. Todos estes problemas têm soluções e podem ser conversados com seu médico.

Artigo original  AQUI

Referências

Ministério da Saúde

Instituto Nacional do Câncer

Clínica Mayo

Seiko DDD